ervadoce_grande Um estudo levado a cabo por investigadores norte-americanos comprovou que o chá pode ser utilizado no combate e prevenção de vários tipos de doenças. Entre eles, o chá de anis ou erva-doce, usado há milhares de anos na medicina tradicional como uma forma de combater a falta de apetite e problemas digestivos.

As potencialidades destes chás no domínio da saúde vão muito além do sistema digestivo, já que esta pode também ser benéfica para combater a expectoração, aumentar a produção de leite materno ou atuar como antisséptico e fungicida.

Neste artigo, damos-lhe a conhecer tudo o que precisa de saber sobre o anis, desde a sua origem até à forma de o identificar. Tire partido daquilo que a natureza lhe dá e melhore a sua saúde de forma fácil e natural.

 

Como distinguir o anis?

No momento em que surgem as primeiras folhas, o anis pode ser confundido com a salsa. Posteriormente, quando começa a florescer, as folhas modificam-se de forma a assemelharem-se às do funcho, ficando cada vez mais estreitas e afiadas. O anis ou erva-doce é também muitas vezes confundido com o anis estrelado. Embora haja uma semelhança no que diz respeito aos nomes, são plantas completamente diferentes.

 

Qual a origem do anis?

O anis pode ser cultivado em todos os continentes. No que diz respeito à produção industrial, países como a Alemanha, Bulgária, Rússia, México, Argentina e países mediterrânicos são aqueles que mais apostam no cultivo da planta. Voltando atrás no tempo, é possível encontrar referências ao anis ainda no Antigo Egito. Os romanos, por exemplo, usavam-no para aromatizar o hidromel, uma mistura de água e mel fermentados.

 

Erva-doce: propriedades cosméticas e medicinais

Os óleos essenciais extraídos a partir do anis são muito utilizados na produção de cosméticos e medicamentos. A partir de 100 kg de sementes secas, é possível produzir entre 2,5kg a 5kg de óleo essencial puro, rico em anetol.

 

Como fazer chá de anis?

Retirar os benefícios do chá de anis é uma tarefa simples. Basta colocar 1 litro de água a ferver e adicionar 3 colheres de sopa de sementes de anis. Depois, é só retirar do fogão, deixar repousar durante cinco minutos. Adoce a gosto e beba no máximo três chávenas de chá por dia.

Uma vantagem dos chás é que podem ser misturados em forma de tisanas, de forma a agregar sabores e benefícios para a saúde. Experimento a Tisana Maçã e Canela da Lavazza, aromatizada com anis e ideal para pôr fim a problemas do sistema digestivo.

Assim, poderá juntar o sabor do chá de maçã e do chá de canela  aos benefícios da e vantagens do anis, uma das melhores ervas para chás.O Blue Tisana Maçã e Canela é a bebida adequada para facilitar a digestão e bastante recomendada a quem deseja emagrecer.

Experimente e desfrute!