nirvana_grandePennyroyal Tea” é a nona faixa do último álbum dos Nirvana, “In Utero“. A música foi composta pelo próprio Kurt Cobain e seria o terceiro single do álbum, se o suicídio não tivesse ocorrido. Segundo o biógrafo Michael Azerrad, o tema foi composto em cerca de 30 segundos e gravado logo de seguida.

 

 

A polémica em torno de “Pennyroyal Tea”

A pennyroyal é uma erva da família das mentas conhecida pelas suas propriedades abortivas. Em “Cobain’s Journals”, um livro que reúne vários desenhos e anotações do vocalista dos Nirvana, encontra-se uma pequena explicação que dá uma nova visão sobre a música do  último álbum da banda. Numa das páginas relativas ao tema pode ler-se “herbal abortive… it doesn’t work, you hippie“. Traduzida a frase seria qualquer coisa como “erva abortiva… não funciona, seu hippie”.

Numa entrevista, Cobain afirmou que o tema era, na verdade, sobre alguém que sofria de depressão. Jennie Punter, a jornalista que fez as perguntas, disse que quando perguntou se “Pennyroyal Tea” era sobre o uso de drogas, Cobain riu, dizendo que era uma erva abortiva que segundo os seus amigos não funcionava.

“A música é sobre alguém que está para além de deprimido”, disse o vocalista, que segundo alguns já revelada indícios que se poderia vir a suicidar. Após a morte de Kurt Cobain, pensou-se se se deveria ou não lançar o single como estava combinado. No entanto, um dos b-sides da música tinha o título “I Hate Myself ad Want to Die“.

Ainda assim, embora a música não tenha chegado a tornar-se um single de “In Utero”, a verdade é que toda a polémica gerada em torno da mesma com que “”ennyroyal Tea” se tornasse num dos temas mais conhecidos da discografia dos Nirvana.

Se já conhece ou se está a ouvir a música pela primeira vez, saiba que pode fazer o download do tema para o seu computador, smartphone ou tablet. Aceda à Appstore, e descarregue “Pennyroyal Tea“.