elvispresley_grande Em “Don’t Cry Daddy” de 1970, Elvis Presley canta sobre uma “voz dentro de uma chávena de café” que é, na verdade, a voz dos filhos que lhe pedem para não chorar.

 

 

“Don’t Cry Daddy”, um tema que toca gerações

O single foi lançado em 1969 e julga-se que é uma homenagem ao próprio pai de Elvis Presley que ficou viúvo após a morte da sua esposa alguns anos antes, em 1958. O tema chegou ao 6º lugar dos tops norte-americanos e retrata uma situação de perda que afeta toda a família.

Importa, no entanto, salientar que o motivo da ausência não é explicado – seja ela por morte, separação ou abandono. O discurso de “Don’t Cry Daddy” e feito na primeira pessoa e fala ainda de uma criança chamada o Tommy.

Em 1997, durante um concerto tributo que assinalava o 20 anos da morte de Elvis Presley, foi apresentado um vídeo desta música cantado num dueto de Elvis com a sua filha Lisa Marie Presley, também ela cantora e compositora. A escolha da canção fez com que esta voltasse a ser alvo de destaque nos media.

Elvis Presley, para sempre conhecido como o Rei do Rock, faleceu em 1977 e ficou na história pela sua voz única e pela sua ousadia em palco. Com uma carreira longa, recheada de sucessos, Elvis criou um verdadeiro fenómeno de culto em torno da sua pessoa. A prova disso são os fãs que ainda hoje procuram imitar o seu estilo e reproduzir o seu timbre vocal.

Na memória coletiva ficarão para sempre recordados temas como “Love me Tender“,  “Hound Dog“, “Jailhouse Rock” ou “Can’t Help Falling in Love“.

Se é fã do artista e se gosta deste lado mais intimista e melancólico de Elvis Presley, clique e descarregue já “Don’t Cry Daddy“.