chapeleiro louco - grande No filme da Disney de 1951 “Alice no País das Maravilhas“, Alice ouve uma música e decide juntar-se à festa. É, então, recebida pelo Chapeleiro Louco e convidada a beber uma chávena de chá.

 

 

Alice no País das Maravilhas: a festa do não-aniversário

Inspirado no clássico de Lewis Carroll, o filme segue a história de uma menina de sete anos que, numa tarde quente de verão, se deita no tronco de uma árvore enquanto a irmã mais velha lhe lê uma história.

Submersa num mundo de sonhos, Alice persegue um coelho branco de colete e com um relógio de bolso, chegando mesmo a entrar na toca por onde ele passa. Ao cair pelo buraco, vê-se de imediato em frente a uma porta que a leva para um outro mundo: o País das Maravilhas.

É assim que começa a aventura de Alice: rapidamente faz novos amigos, entre os quais as flores falantes, o gato Cheeshire, a lagartixa e o Chapeleiro Louco que a convida para a festa do seu não-aniversário.

Mas também faz inimigas, nomeadamente a Rainha de Copas que, tirana como é, teme que Alice esteja no País das Maravilhas para lhe roubar o trono e ordena de imediato a sua execução. Graças à ajuda dos seus amigos, Alice consegue ganhar à Rainha e acorda de novo em Londres.