cafe-grande Os cafés são um espaço de convívio e fazem parte do quotidiano da grande maioria das pessoas. O filme “Café” foi realizado por Marc Erlbaum e conta a história de vários clientes de uma cafetaria, em Filadélfia, que tomam consciência do quanto as suas vidas estão ligadas. Daniel Eric Gold e Jennifer Love Hewitt interpretam as personagens principais.

 

Café: histórias entrecruzadas

O filme começa num café com a chegada de quatro polícias. Os clientes são evacuados das instalações e, em seguida, uma rajada de tiros soa lá fora. A cena é de imediato cortada para o título do filme. O que se passou? É necessário esperar pelo desenrolar do filme para perceber.

A partir daqui, o filme segue a história de um músico que está apaixonado pela barista com quem trabalha no café onde decorre a ação principal. A personagem é confrontada com um grande problema: como vai dizer à sua colega que está apaixonado? Ela tem namorado.

Entretanto, uma série de clientes que passam pelo café têm também os seus problemas e encontros. Um agente da polícia mantém um olho atento no seu primo, que deve uma quantia avultada de dinheiro a um traficante de droga.

Um homem casado é confrontado com uma nova relação. Ainda assim, um cliente acredita que é ele a personagem principal de um jogo e que o café não é nada mais do que um microuniverso virtual desenhado por uma jovem rapariga.

Com o argumento e realização de Marc Erlbaum, trata-se de um filme sobre relações, amor e a fragilidade da vida.